EURO EM RISCO: Euro cai abaixo de US$ 1,34 após alerta de Merkel

Chanceler alemã considera a situação da moeda "extraordinariamente séria"


Toda moeda que pretende tornar-se divisa internacional de troca, deve ter 3 lastros: lastro diplomático; o lastro financeiro e o lastro militar.

O euro apenas tem lastro diplomá...tico e com a virtual fal~encia da Grécia, Portugal e Irlanda e a Espanha a correr o risco, toda a fragilidade da moeda veio á tona.

Agora o mercado vai apostar contra o Euro, no dia a dia das bolsas e o risco do fim do Euro é um algo perfeitamente possível.

Outro fator importante a destacar, é que o Euro favoreceu as grandes corporações, mas não as populações dos paises que adieriram a moeda. As populações ficaram mais pobres, pois perderam muito poder aquisitivo. Vide abaixo, a matéria da Agência Estado.


Angela Merkel, chanceler alemã: situação do euro é "extraordinariamente séria" (Daniel Roland/AFP)

O euro atingiu a mínima de 1,3398 dólar, a menor cotação desde 28 de setembro, após a chanceler alemã Angela Merkel considerar a situação do euro "extraordinariamente séria".

A moeda europeia está sob pressão há dias, em consequência das preocupações com as dificuldades do sistema bancário e da economia da Irlanda, e nem mesmo a possibilidade de o país receber ajuda financeira internacional aliviou o movimento.

Merkel classificou a crise na Irlanda como "muito preocupante" e destacou a grave situação do euro por conta disso. "Nós estamos em uma situação extraordinariamente séria no que diz respeito ao euro", afirmou.

Operadores avaliam que o nervosismo se agravou com os comentários de Merkel, revelando pela primeira vez a gravidade dos riscos que envolvem a moeda desde que a Irlanda se transformou no ponto central da crise. Mais cedo, o ministro das finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, havia dito que o destino do euro está em risco.

Às declarações de ambas autoridades alemãs, somam-se os sinais de preocupação da agência de rating Moody's sobre Portugal. "Repentinamente temos novamente um movimento muito desordenado no euro", disse o analista de moedas do HSBC em Londres, Paul Mackel, em referência ao nervosismo que tomou conta do mercado em maio e em junho por conta da Grécia.

Às 14h07 (de Brasília), o euro valia 1,3420 dólar, bem abaixo da cotação no encerramento dos negócios ontem em Nova York a 1,3624 dólar.

Fonte: Agência Estado

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails